Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.
Início do conteúdo
Página inicial > Comunicação > Notícias > Descentralização pauta abertura da Semana Estadual da Ciência, Tecnologia e Inovação nas Missões
RSS
A A A
Publicação:

Descentralização pauta abertura da Semana Estadual da Ciência, Tecnologia e Inovação nas Missões

foto
Daiana de Leonço - Foto: Daiana de Leonço

A descentralização da ciência e da tecnologia foi o foco da abertura da Semana Estadual da Ciência, Tecnologia e Inovação nesta quinta-feira (16), na Universidade Regional Integrada de Santo Ângelo (URI). “Quando assumimos o governo em 2011, tínhamos uma missão muito importante: as ações da secretaria não podiam ser centralizadas em Porto Alegre. Antigamente, havia apenas 4 ou 5 instituições que recebiam recursos e serviços, hoje temos mais de 20.  Isso significa descentralizar, isso significa ter um olhar ao interior do Estado, ter um olhar para as comunidades comunitárias”, destacou o secretário da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico, Cleber Prodanov, durante seu discurso de abertura. 

Este processo de descentralização permite que as pessoas não tenham que sair e abandonar a sua região, ou deixar de lado uma carreira promissora. “É muito importante que façamos o investimento, tanto na informação, na educação, quanto na possibilidade disso gerar novos negócios, novos empregos qualificados, mais renda para as pessoas e fixação delas em sua área”, ressaltou Prodanov.

Segundo o pró-reitor de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação da URI, Giovani Palma Bastos, a Uri investe, atualmente, cerca de R$ 5 milhões em diversos programas de pesquisas. “Este olhar para a pesquisa é compartilhado por todos os campos da URI. Visto que somos uma universidade comunitária no interior do Estado, ainda é pouco, mas vamos chegar lá, através dessas pequenas ações, dessas parcerias, incluindo a com o Governo do Estado.Nós estamos fazendo de tudo para isso, para termos uma pesquisa de qualidade, uma produção intelectual de qualidade e um centro de qualidade”.

Para ampliar este processo, a URI está com seu Parque Tecnológico em fase final de aprovação. “O Parque irá proporcionar um ambiente de inovação para que os universitários possam transferir o seu conhecimento para a sociedade, e ao mesmo tempo, estes jovens terão a oportunidade de empregos qualificados. Até o momento, o Governo já investiu quase R$ 10 milhões na URi, mas o ano não acabou, e até 31 de dezembro nós vamos superar isso. A URI já é a terceira universidade com mais recursos recebidos do Estado. Méritos de seus professores, mérito de seus alunos”, destacou o secretário. 

E acrescentou: “quem sabe este parque tecnológico seja um elemento de capitalização de todos os desejos regionais e qualifique e agregue valor àquilo que produzimos, proporcionando um aumento em nossa renda. Esse é o nosso desejo, esse é o trabalho da Secretaria e a proposta do nosso Governo para ampliar cada vez mais esse desenvolvimento e transformar o Rio Grande do Sul”, finalizou Prodanov.

Programação
As solenidades de abertura da SNCT 2014 no Rio Grande do Sul - que adota o nome de Semana Estadual da Ciência e Tecnologia - acontecerão, ainda, em Lajeado (no dia 20 de outubro, na Universidade Integrada do Vale do Taquari/Univates), em Passo Fundo (no dia 23 de outubro, na Universidade de Passo Fundo/UPF) e em Porto Alegre (no dia 24 de outubro, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul/UFRS). Já foram realizadas na PUC (Porto Alegre) e no Instituto Federal do RS, em Bento Gonçalves.

As ações no Estado incluem dezenas de feiras e mostras técnicas e científicas. Destaque para as palestras e oficinas que tratarão de assuntos em sintonia com a temática dessa edição “Ciência e tecnologia para o desenvolvimento social”, entre outros temas, como: cyberbulling, voluntarismo na recuperação do câncer infantil, preconceito de gênero, homofobia, cultura e estética, internet e idade escolar, HPV, impacto das sacolas plásticas no meio ambiente, cultura rastafari, eutanásia, desenvolvimento infantil, nanismo, plantas medicinais, ilusão de ótica, transtorno de personalidade, sistema solar, energia eólica, raios e a vida das borboletas.


Sobre a SNCT 
A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) é coordenada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social (Secis), e tem por objetivo democratizar o acesso ao conhecimento científico e aproximar a população da ciência e da tecnologia, promovendo e estimulando atividades de educação científica.

A realização da Semana conta com a colaboração do setor público e privado, de fundações de apoio à pesquisa, de entidades e instituições de ensino, divulgação e pesquisa, além de secretarias estaduais e municipais. Embora algumas atividades ocorram em datas diferentes, o período oficial neste ano é de 13 a 19 de outubro.

Texto: Guérula Viero

Endereço da página:
Copiar